Namorar é bom...Namoro cristão é melhor ainda!


Romanos 15:5-6 “Ora, o Deus de constância e de consolação vos dê o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus. Para que unânimes, e a uma boca, glorifiqueis ao Deus e  Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.” 

Ah! Namorar é tão bom! Os dois unidos, de mãos dadas, beijos sob o luar, falando pelo telefone altas horas da noite, enviando cartinhas de amor, pegando um cineminha no fim de semana, piquenique no parque.Enfim, acabo de descrever um namoro perfeito! Mas, sabemos que não é bem assim...
Namoro acima de tudo, vai além dos beijos e abraços, é também, união nos momentos mais difíceis, tristes e decepcionantes de nossa vida. Imagine você, passando por uma situação ruim, seria muito melhor alguém do seu lado te apoiando. Na Bíblia Sagrada, encontrei um versículo assim em 
Eclesiastes 4:10.
"Porque se caírem um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante."

A Bíblia é extremamente clara quanto a isso. Um depende do outro, isso é indispensável    em um relacionamento.  Quando alguém se aborrece com seu parceiro(a), a primeira coisa que faz é em terminar o namoro. Em sua cabeça aquilo é uma "solução', o magoando profundamente. É uma cicatriz que só o tempo e o amor de Deus irá sarar. Outra "solução" que ele(a) acha, é namorar com um e com outro. Mal sabe que aquilo é o começo de um ciclo sem fim, pois não entregou seu coração com amor verdadeiro.

Alguns cristãos em vez de namorarem com alguém de sua própria congregação, acabam namorando com descrentes causando um jugo desigual. O Senhor Jesus nos adverte quanto a isso em
 2 Coríntios 6:14."Não vos prendei a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça coma injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?"
  Ambos entrarão sempre em discordância, e não chegaram a lugar algum. Será um relacionamento conturbado e não será visto com bons olhos para Deus.


Outra questão para quem vive esse tipo de namoro, é pressão da sociedade  sobre a perda da virgindade. O principal conceito é "Ah, perder a virgindade tá na moda. Quem não perde não é descolado". Nosso corpo é o Templo do Espírito Santo, e tais coisas como esta são condenadas por Deus. Um namoro verdadeiro não inclui relações sexuais antes do casamento, pois é uma corrupção contra as leis santas do Senhor,
 1 Coríntio 6:18
"Fugi da impureza. Qualquer outro que pecado que cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo".
Sabemos, que não é fácil resistir a tentação de se entregar a pessoa que amamos, mas, vigie e ore, pois no final, pode ser que não valha a pena.


Amados irmãos, o namoro cristão deve ser levado a sério. Nada de seguir modinhas do mundo. Leia a Bíblia e medite na palavra de Deus. O mundo pode colocar na sua cabeça para que você faça o que tiver vontade, mas, antes de tudo faça o que Deus te pede. Se a tentação for mais  forte que você, dobre seus joelhos e peça orientação ao Senhor Jesus. Não entregue seu corpo que é o templo do Espírito Santo, só por obrigação. Espere o casamento e aí sim, você irá desfrutar de um amor tão puro e verdadeiro, que fará você pensar: "como foi bom esperar...". 

Fiquem com a paz do Senhor, e que esta paz dure em nossos corações para sempre.
Amém.


                                                                                                                           

Comentários

  1. Antigamente os namoros eram mais respeitáveis, e com o passar dos tempos foram ficando escandalizados, devido às novelas e filmes explícitos. Os jovens querem provar do fruto antes de estar maduro, causando certos transtornos em sua vida.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

❀¸¸.*♥*.¸¸.*☆ ❀
Não vai embora sem deixar seu comentário.
Sua opinião é muito importante para mim!♥
❀ ¸¸.*♥*.¸¸.*☆❀

Postagens mais visitadas