sábado, 31 de janeiro de 2015

Nossas escolhas dependem dos nossos atos: Capítulo 11

Capítulo 11

Depois de despertar de um sono terrível, sou levantada pelo cheiro bom do café da manhã de Júlia. Ela parecia bem feliz, enquanto colocava o café em uma xícara de porcelana, e passava manteiga na torrada. "Cheiro bom" , pensei.

— Bom dia Júlia, que animação é essa?
— Bom dia, minha linda irmã. Deus não é maravilhoso? O dia está lindo, o sol está lindo, o céu está lindo...  Falava com um brilho no olhar.
— Eu sei, está tudo lindo. Agora preciso me arrumar. Hoje temos ensaio com os jovens e Priscila e Felipe vão visitar a igreja.
— Ai, que legal, convide mesmo seus amigos da escola pra conhecer a igreja, é a melhor coisa a fazer.
— Tá certo. Então já vou me arrumando, mas, antes vou tomar esse café-da-manhã que parece gostoso.

O relógio marca 7:00h. Está na hora de ir para a igreja. Júlia ficou em casa assistindo desenhos animados. Parece criança na frente da TV.
Passo na casa de Mila e sua mãe diz que ela foi buscar uma amiga em casa. Deve ser a Priscila.
Continuo andando. A igreja está fechada. Ainda bem que trouxe a minha chave.

Em todo o caso, os jovens só iam aparecer 8:00h ou 8:30h, e eu ainda tinha que varrer o chão, limpar as cadeiras. Os ensaios são sempre fadigantes, porque, com o perdão da palavra, os jovens são umas pestes. Não calam a boca, vivem no celular e não prestam atenção para o que eu digo. Eles simplesmente me enlouquecem. Pedi para o meu pai, dar meu cargo para outra pessoa, mas ele diz: "Cada um carrega sua cruz!". Poxa pai. Alivia para o meu lado!

De longe reconheço uma figura de cabelos pretos espetados: Felipe. Com seu all-star surrados, calça jeans, camisa preta e jaqueta vermelha xadrez. De repente, do nada, fiquei feliz, igual como Júlia estava na cozinha:

— Bom dia, Clara.
— Bom dia, Felipe, está aqui há muito tempo?
— Cheguei as 6:00h.
— E ficou esse tempão aqui fora? Em pé? Me esperando? Porque não me ligou?
— Eu não tenho o seu número.
— Eu sou uma tonta, né?! Como sou idiota. Eu esqueci de repassar o numero para você? Sou muito esquecida!
— De qualquer jeito, eu não tenho celular mesmo. Não sou rico para ter um!  Felipe estava de mau humor. Essa não. De novo não! No céu, nuvens ameaçadoras de chuva se formavam.
— Vamos entrar? Parece que vai chover. — Sugeri.

Coloquei minha pasta rosa sobre o púlpito, liguei o som, coloquei o CD, botei num volume baixo, e comecei a varrer a igreja. Felipe me pergunta:

Tem mais uma vassoura?
— Sim, tem uma vassoura sobrando lá no quartinho dos fundos.  Mais do que depressa Felipe começa a varrer. Alguns jovens começam a aparecer. Ah sim, para você parar com sua dúvida: somos 10 jovens no coral da mocidade, mas, apenas, 5 ou 6 aparecem e geralmente, são os mais bagunceiros.

Mila aparece em seguida com Priscila, que está portando um guarda-chuva:

— Você veio mesmo Pri. Fico feliz em te ver aqui.  Falei com muita alegria.
— Obrigada... Clara.  Disse Priscila timidamente, como sempre.
— Eu disse pra ela não trazer esse troço. Nem vai chover, só tá nublado.  Gritava Mila.
— Deixa Mila. Ela é uma menina prevenida. E porque você tá gritando? O som está baixo!
— Foi mal. Ontem fomos para a pizzaria e em frente, tinha um boteco tocando umas músicas ruins e em volume alto. Por causa disso, fiquei meia surda. Apareceu até a polícia, porque eles estavam incomodando e meu pai achou melhor irmos embora. — Explicou Mila.
— Pelo que vejo.... Felipe está te ajudando né?  Perguntou Priscila.
— Sim, ele veio bem cedinho. Se eu soubesse, tinha vindo mais cedo. Vamos começar o ensaio.

Apareceram mais jovens. Fiz uma pequena oração, para começar bem o ensaio. Coloquei a música para tocar.Distribuir as cópias para todo mundo. Foi aí que começou a baderna. Meninas fofocando, meninos mexendo no celular, fulana se maquiando, sicrano cochilando. Eu não sabia o que fazer... Me senti tão impotente...

— Gente vamos prestar atenção na música. É para domingo. — Mais eles continuavam com a bagunça.
— Por favor, pessoal, vamos prestar atenção. Só um pouquinho.  Mas eles continuavam.

Algumas meninas, estavam falando mau da Priscila, por ela ser muita alta e tímida. Priscila escutou e estava se sentindo péssima, eu pude notar.... Foi daí que uma voz apareceu e colocou ordem.

— Vocês gostam de falar né?! Então vou fazer um desafio aqui! Quantos livros tem a Bíblia no Velho Testamento e no Novo Testamento?  Todos ficaram calados, olhando para Felipe.
— Ninguém sabe. Vou fazer uma pergunta mais fácil: Quem foram os três primeiro reis de Israel? — Continuavam calados, agora cabisbaixos.
— Nenhuma resposta. Vou tentar mais uma vez: Quem escreveu o Salmo 90?  O silêncio predominou o ambiente e agora estavam constrangidos
 Não acredito que ninguém sabe a resposta!  Falou em um tom de sarcasmo.  Mas, vocês estavam tão "falantes", tão empolgados, porque não falam agora?  

Eu fiquei perplexa com a atitude de Felipe. Nunca o vi tão determinado, tão sério...

— Da próxima vez, fiquem de boca calada e prestem atenção ao o que é dito aqui na frente. Deus está vendo tudo o que vocês fazem!  Disse enquanto saia da igreja. Mila ficou de queixo caído, e Priscila ficou idem. Ela sabia que Felipe teve aquela reação porque os jovens estavam falando mau dela. 

Precisava falar com Felipe.

— Mila, continue aqui com o trabalho, preciso falar com ele.
 Tá amiga, pode deixar. Os garotos ficaram mansinhos.

Sair correndo atrás de Felipe:
— Felipe, espere!  Ele se virou assim que ouviu a minha voz.
— O que foi? Voltaram a fazer baderna?
— Não, eu vim agradecer. Obrigada. Essa situação me deixou constrangida. Sou líder de jovens e nem sei lidar com eles, me desculpe pela má impressão Felipe, por favor.  Controlei as minhas lágrimas.
— A culpa não é sua. Não precisa levar a culpa por eles.  Disse enquanto passava a mão na minha cabeça.  Estou tendo um dia difícil. 
— Eu posso ajudar.. podemos conversar, por favor desabafe comigo, não me der gelo como das outras vezes, eu não quero que você fique de mau comigo, eu gosto de falar com você estamos caminhando bem, Felipe eu te...  De repente fui interrompida por um abraço. Felipe em um impulso, me abraçou.

— Só isso me basta, Clara. Você é uma boa amiga.

Ficamos ali um bom tempo. Parados, juntos em um abraço. Poderia até ser um abraço de amizade para Felipe, mas, meus sentimentos eram outros e meu coração estava rápido, disparado. Senti o perfume que Felipe carregava em sua jaqueta.
— Melhor não. Alguém pode ver e falar mau de você. — Dizia enquanto me afastava com um pequeno empurrão.  Preciso ir, tenho que ajudar minha tia em casa. 
— Eu posso ir junto? Visitar sua tia?
— Outro dia eu levo você, Clara. Tchau.  Falava enquanto caminhava pela rua, me deixando sozinha...

Será se íamos passar por momentos difíceis de novo? Será se Felipe não sente o mesmo que eu? Meu coração doía novamente, será a Shirley tem mais chances do que eu? Quando ele vai parar de me ver como amiga?.... Meu Deus, o que eu faço???  

Levemente a chuva molhava meus cabelos... Tempestade estava a vista.

Não percam os próximos capítulos...



 PRÓXIMO CAPÍTULO


      ~~
Deixe uma blogueira feliz, fazendo um comentário


25 comentários:

  1. Amando essa história San. ♥
    Será se o Felipe não vai corresponder a pobre Clara. Ah e o estilo do desenho está bonito. Adorei!!!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Humm será se o Felipe vai corresponder ao amor de Clara??
      Não deixe de acompanhar. Ah e obrigada pela a sua opinião ♥

      Excluir
  2. Não conhecia sua história, vou ler os outros capítulos para entender melhor.
    E o desenho está lindo, parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carmem. Ler sim, você vai gostar. A história é da minha irmã e estou aproveitando o espaço para divulgar.
      Obrigada pela sua opiniao. Volte sempre ♥

      Excluir


  3. San, que massa. Está lindo o desenho. Poxa, Felipe não dar uma dentro. Ele empurrou a Clara, sério?
    O que esse menino tem na cabeça? kkkkk. Vou ficar atentar aos outros capítulos :)
    P:s. Já cheguei no Japão. Aqui tá de noite kkkkk que estranho.

    Beijão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ann Lee. Obrigada pela opinião. Não foi um EMPURRÃO, mas como o Clara é uma menina sensível ela entendeu tudo errado. Ele fez isso para que as pessoa que estavam passando na rua, não fizessem fofoca sobre ela entedeu?!
      Que bom que já chegou no Japão. Já está realizando um sonho. Que Deus te Abençoe. Depois me manda as fotos pelo hangouts do G+.
      Beijos♥

      Excluir
  4. História perfeita. Já tá na hora de virar um livro! kkkk.
    Adorei o novo estilo de desenho San! Tá lindo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um livro ainda é um passo muito longe...
      Obrigada pela sua opinião
      Beijokas! ♥

      Excluir
  5. Sou a fã número dessa história. Por favor Felipe, olhe para os sentimentos da
    Clara. Impressão minha, ou ele ficou frio com ela de repente? kkkk
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. \(°o° )/ êêêê a história tem uma uma fã!!!
      Desculpa, fiquei empolgada. Achei que ninguém ligava para essa história. Né?! Felipe bora agir! A Clara não vaai esperar para sempre.
      Beijos ♥

      Excluir
  6. Amei San, A sua história está ficando incrível!!!

    ResponderExcluir
  7. A história é linda muito curiosa pra saber mais, San beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucimar obrigada pela visita e obrigada pelo elogio♥
      Beijokas!!

      Excluir
  8. Amei, Amei, Amei!!! Gostei da atitude do Felipe, do desenho e da história, traduzindo gostei de tudo San!
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe Obrigada Mylene, amo ver seus comentários por aqui fofa!
      Beijokas♥

      Excluir
  9. Obrigadaaa ! Glória a Deus,menina, tava demorando !
    Aff esse Felipe é um iceberg, espero que ela o descongele eo trag apara perto do sol !
    Poste o outro cap loogoo !
    Ah uma surra nesses jovens ! Ninguém merece ! Aff
    #Tadinha
    Beijos..
    Mais sucesso !
    agarotaperfeita2.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né?! Felipe é muito fechado, quem sabe a Clara não abre o coração dele?
      Beijokas Kelly♥

      Excluir
  10. Estou ansiosa para o próximo capitulo. Esta historia é linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivony, aguarde que o capítulo12 já tá chegando. Só esperando minha irmã liberar. :)
      Beijokas♥

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Amei o novo Capitulo, louca para ver o próximo parabéns San os desenhos cada vez estão melhores Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Stefanny sua linda, que saudades de você. Obrigada pela opinião flor.
      Daqui pra frente quero melhorar mais e mais.
      Beijokas♥

      Excluir
  13. Oi San. Quanta criatividade. Sua irmã esta de parabéns. Consegui imaginar essa história (série) em quadrinhos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Di sua linda, pois é, minha maninha está com a
      corda toda kkk, e ainda vem muita surpresa pela frente.
      Não deixe de acompanhar♥
      Beijokas

      Excluir

❀¸¸.*♥*.¸¸.*☆ ❀
Não vai embora sem deixar seu comentário.
Sua opinião é muito importante para mim!♥
❀ ¸¸.*♥*.¸¸.*☆❀