quinta-feira, 5 de março de 2015

Deus te ama assim...

Quando eu era pequena, era muito comum eu ficar triste por qualquer coisa... Ficava triste quando não passava desenhos animados na TV, ficava triste quando caía de bicicleta, ficava triste quando chovia e não podia brincar no quintal. 

Mas, uma coisa em particular, me deixava triste demais... Quando me colocavam para baixo apontando defeitos em mim...


Algumas amigas minhas sabem, o quanto sofria com apelidinhos grosseiros. Como minha mãe era policial, ganhei um apelido de "soldado Peixoto". Esse não era de todo ruim, e até me divertia tentando disfarçar meu mau estar. Mas, a partir daí dei brechas para que meus colegas de classe me colocasse mais apelidos...

Por eu ser a mais alta da classe e  ser bastante magra (naquela época eu era bem magrinha), ganhei apelidos como girafa, poste, palito de dente, vara-pau. Por fora eu ria daquelas palavras, mas, por dentro, elas me machucavam. Eu tinha um desvio grave na coluna, e tinha que usar uma espécie de aparelho, o que me rendeu o infeliz apelido de ''Corcunda de Notre Dame"

 Queria pôder dizer: "Por favor! Parem com isso! Não veem que isso me magoa!" 

Nem sempre meus cabelos foram lisos. Meus colegas de classe, diziam que meu cabelo parecia palha de aço, riam, debochavam. Comecei a odiar meu cabelo... Falavam que meus olhos eram juntos demais, que eu era esquisita, toda alta e magra daquele jeito, com aquele cabelo de Assolan e com os olhos puxados demais. Até o riso, esse pessoal criticava. Para se ter uma ideia da perseguição, até da minha caligrafia, eles zombavam.

Foi uma época terrível. E muitas vezes, desejei nunca mais ir para a escola. Chegava no meu quarto, tampava o meu choro no travesseiro. Queria sumir... Me achava feia, horrorosa, um monstro!

Olhava para as capas de revistas, e via aquelas atrizes siliconadas, e queria ser como elas: ter um cabelo lindo, os olhos claros, um corpo definido... Eu não me aceitava como era.

E tudo piora ainda mais, quando você se "encanta" pelo garoto mais popular da escola e descobre que no fim das contas, ele não passa de um idiota!

Amados leitores, o que eu quero vos dizer com esse texto tão deprimente? Eu conseguir superar tudo isso com o Amor de Deus.

Sem o Amor de Deus, eu seria a mesma garota de nove anos atrás... Fraca, solitária, chorona, louca por atenção e com a auto estima debaixo do subsolo.

O problema não estava em mim, mas, sim em eu dar poder ao problema. Eu me importava demais com que achavam de mim, com o que pensavam de mim. Nem eu mesma sabia o que achar de mim.

Descobrir novos talentos que eu não sabia que tinha: desenhar, costurar, escrever...

Pela Graça de Deus, descobrir amizades verdadeiras que não me deixam triste ou abatida.

Você, que leu esse texto, e está passando pelas mesmas coisas, com pessoas que se dizem ser seus amigos, mas, fazem coisas que te deixam triste, quero te dizer que você tem um amigo que jamais te deixará triste! Seu nome é Jesus Cristo. Entrega tua vida ao Senhor, e o mais Ele fará.

Não deixe ninguém te magoar tentando mudar algo em você!

Hoje, já não me importo mais com o que pensam de mim. Podem me chamar do que quiser. De feia, de magrela, de corcunda.. Dane-se sua opinião! Não ligo para o que você pensa ou acha de mim! Eu sei que lá em cima tem um Deus que me ama, assim, do jeito que eu sou e eu me amo assim!

Você é lindo do jeito que Deus te fez....

Amém?

Paz do Senhor amados





12 comentários:

  1. San, chorei lendo seu texto. Ai amiga não é fácil superar... As pessoas são cruéis. É muito difícil lidar com isso. Já sofri muito por ter descendência japonesa. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Ann, confia em Deus e o mais Ele fará♥
      Beijos

      Excluir
  2. Lindo San, lindo, lindo, lindo♥
    Que sua história possam tocar aquelas que passam pela mesma coisa

    ResponderExcluir
  3. San, que texto lindo, que história de vida e que lição pra muitos hoje em dia.
    Já me senti muito mal também, mas sei que estou em fase de transformação continua do meu modo de pensar, o Senhor nos molda e nos faz ver o grandeza do amor dele por nós ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Tainá♥, acho que a gente gostando do jeito que nós somos tudo bem. ♥
      Como diz a música do Anderson Freire:"♫ Vc é o espelho que reflete a imagem do Senhor♫"
      Beijos

      Excluir
  4. Eu já passei por isso, antes na escola a s pessoas ficavam cochichando, falando de mim e eu via e pensava: Meu Deus como pode acontecer isso, eu estou quieta no meu canto, estudando e as pessoas falam de mim, riem de mim. Me chamam de feia. Mas Graças a Deus superei tudo isso. Claro que 100 por cento não, mas um dia eu chego lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito dificil lidar com as pessoas. As vezes prefiro ficar sozinha do que conversar com alguém. Vc vai conseguir superar em nome de Jesus!
      Beijos amada♥

      Excluir
  5. Eu já passei por isso também.
    Sou alta e magra, pra você imaginar 1,7 para uma garota de 12 anos significa apenas: Bullying.
    Mas depois eu pensei : Ah, dane-se eu tô nem aí nem chegando para o que pensam de mim.
    Então, com o amor de Deus: Eu superei !
    Que bom que você também está bem.
    Você é um amor de pessoa, não merecia isso.
    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Kelly, a gente não deve deixar de viver por causa da opinião dos outros. Também falo isso: Dane-se! Deus me ama assim!♥ O Amor de Deus é tudo para nós!
      Beijos linda!♥

      Excluir
  6. É isso aí San <3
    Nós meninas passamos por esses momentos de baixo auto-estima, mas o Espírito Santo vem com seu carinho e nos mostra que somos lindas sim, obras primas, preciosas em nossas qualidades aos olhos de Deus!
    Mas se não tivermos Jesus nesses momentos é mega difícil, só Jesus é capaz de curar feridas emocionais, de baixo auto-estima, desilusões amorosas. Se não fosse Ele, coitadinha de mim, de nós!
    Amei seu texto amiga.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownt amiga *-* Tudo verdade suas palavras... Faço delas as minhas...
      Sim, eu quis repassar um pouco do meu passado para vcs. Sei que existem muitas garotas para baixo, mas , com Deus, nossa vida fica alegre.
      Hoje, eu posso dizer: Sou muito feliz!!!
      Beijos♥

      Excluir

❀¸¸.*♥*.¸¸.*☆ ❀
Não vai embora sem deixar seu comentário.
Sua opinião é muito importante para mim!♥
❀ ¸¸.*♥*.¸¸.*☆❀