Nossas escolhas dependem dos nossos atos: Capítulo 20

"Oi, oi galera do blog! Tudo bem? Confesso que estava morta de saudades de vocês! Eu não pude ficar com vocês nesses dois meses, por motivos pessoais (minha mãe sofreu um acidente de carro.) e por causa do meu abalo emocional, deixei o blog no 'automático'. Ainda estou tentando pegar o ritmo. Por isso, deixo com você, mais um capítulo da série! Beijos "

Capítulo 20

♥Continuação do capítulo anterior...


Felipe estava ali, parado na minha frente, com uma pilha de livros em punho. Pergunto, totalmente desengonçada, do porquê de sua presença:

— Felipe? O que você faz aqui?
— Vim te ajudar em Matemática. Mas, não se preocupe. Não vim só.
Aparece na minha porta, duas figuras conhecidas. Uma menina com cabelos cor de canela e a outra, com o físico de uma jogadora de basquete:

— Surpresa! Olha eu aqui!  Falava com entusiamo a alegre Mila.
— Oi Clara.  Dizia Priscila, meio tímida, segurando sua bolsa com franja.
— Mas, se não tiver em condições para estudar, a gente volta amanhã.  Sugeriu Mila, olhando para a minha blusa suja.

Não estava em condições em receber ninguém. Só queria assistir minha série favorita e me entupir de sorvete. Estava toda relaxada, com a blusa suja de sorvete de chocolate. Desligo a tv e peço para eles entrarem e sentarem no sofá. Subo mais do que depressa pelas escadas. Tranco a porta do meu quarto e troco a minha blusa suja. Vou colocar uma camiseta bem bonita. O Felipe está aqui... de novo.

Desço as escadas. Mila está fazendo palavras-cruzadas e roendo o lápis, enquanto Priscila está com fones de ouvidos, ouvindo música em seu iPod. Felipe está lendo um livro de capa de couro, suponho que seja uma Bíblia. Ele fica tão lindo quando está lendo... Enquanto fico o admirando, mau percebo aonde piso e acabo tropeçando no tapete e caio. Felipe me levanta preocupado, e Mila pergunta:

— Tudo bem amiga? Se machucou?
— Não! Só tropecei nessa droga de tapete! Vamos começar a aula?

*E assim foi a minha semana: Apenas estudos!



Estudamos durante o intervalo na biblioteca, e à tarde, as meninas e Felipe apareciam na porta de casa. Júlia sempre me dizia para eu aproveitar a oportunidade e falar logo sobre meus sentimentos para Felipe, mas, sempre que ia falar algo, eu sentia vergonha e mudava de assunto. Mas, no último dia de estudo, que seria em uma quinta-feira eu ia ganhar coragem e falar. Com certeza!

 Felipe parece ser o único que estava gostando daquele grupo de estudos. Depois de minutos, entre números, livros e muitos cálculos, crio coragem para fazer uma pergunta:

— Felipe... Posso fazer uma pergunta, que não tem nada a ver com Matemática?
Felipe assente. Mila percebe minhas segundas intenções e cutuca o ombro de Priscila:

— Hum... Nossa, me bateu uma fome agora! Como já sou de casa mesmo, posso abrir a geladeira né Clara. Vou tomar um suquinho. Vem comigo Pri?
— Oh... Sim, sim estou indo.

Mila pisca o olho para mim. As duas vão para a cozinha. Me sinto mais a vontade para conversar com ele. Meu coração está disparado:

— Felipe... Você já... Se apaixonou por alguém?
Felipe fica corado e passa a mão na cabeça, como alguém que esquece algo:
— Nossa! Me pegou desprevenido. Bem... Eu tive umas "paixonites" no Ensino Fundamental, mais logo eu perdia o encanto por elas. Diferente da garota misteriosa que eu amo.
— Garota misteriosa? Por favor me diga quem é ela!
— Calma, Clara. Um dia você vai saber quem é. Tudo tem seu tempo.
— Eu só não acho justo me esconder isso. Eu sou sua amiga.
— E você? Já se apaixonou por alguém.
— Eu? Eh... Não!
— Não? Mas e aquele tal de Nelson? Ele pareceu bem íntimo com você na igreja.
— Nelson é só um amigo de infância. Tenho apenas amizade por ele. É como se fosse um irmão para mim. Ao contrário de voc...  Me interrompo.
— Ao contrário de quem?
— Nada. Nada. Esquece. Vamos continuar a aula?

Folhe-o um livro depressa, tentando me distrair. Faço outra pergunta:
— Felipe, o que você vai fazer quando acabar o Ensino Médio?
— Sabe, sempre tive vontade de fazer faculdade de Direito. Quero ser advogado. Quero lutar pelos humildes. Odeio injustiças.
— Advogado? Que legal! Garanto que do jeito que você é inteligente, passa fácil, fácil em qualquer faculdade de Direito.

Felipe dar um sorriso para mim. Adoro quando ele sorri, isso deixa meu coração bastante alegre.
— E o seu pai? Falou com ele sobre isso?
— Clara, porque insiste tanto em tocar nesse assunto?
— Desculpa, Felipe, por favor, não foi minha intenção! Você tá me ajudando tanto e eu aqui, só atrapalhando sua vida!
— Não. A culpa não é sua. É que... Esse assunto é... Complicado!

Felipe se levanta do sofá, ficando de costas para mim, com os braços cruzados. Me levanto e fico atrás dele. "O que se passa em seu coração Felipe? Porque carrega tanta mágoa?"

Coloco minha mão em suas costas.

Queria tanto ultrapassar as muralhas, que isolavam Felipe de mim. Queria tanto que ele fosse feliz.
De repente, Felipe se vira e pega a minha mão. Ele se aproxima. Estamos tão perto, quase nos tocando. E meu coração, ali, dentro do peito, ardendo em brasas, ansiando por um beijo...

Fecho os meus olhos.

A porta da sala abre. Felipe se afasta bruscamente e eu, me sento de uma vez no sofá:
— Chegamos!  Anuncia meu pai, carregado de malas.
— Mãe! Pai! Já voltaram de viagem?
— E vocês? O que estão aprontando?  Pergunta minha mãe

 ♥Continua....

PRÓXIMO CAPÍTULO

Comentários

  1. Aim que história fofa. Vou acompanhar com mais frequencia. Amei!♥

    ResponderExcluir
  2. To amando essa WebSérie. Achei muito legal da parte do Felipe ajudar a Clarinha \(^o^)/ Quem diria? Aquele garoto rude, agora está se tornando um menino admirável.
    Ai que fofo! Pensei até que ia rolar um beijão!! To aqui na torcida! Não demora pra postar viu flor. #SuperAnsiosa
    Bjinhos (° 3°)♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aos poucos, o Felipe está dando valor a ela, afinal, a gente já sabe que os dois se gostam muito, só tá faltando a declaração. Prometo não demorar...
      Beijos♥

      Excluir
  3. Aah,que pena !
    Na hora do beijo!
    Que venha o outro logo !
    Beijos...

    agarotaperfeita2.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Kelly, vamos ter muitas emoções pela frente.

      Excluir

Postar um comentário

❀¸¸.*♥*.¸¸.*☆ ❀
Não vai embora sem deixar seu comentário.
Sua opinião é muito importante para mim!♥
❀ ¸¸.*♥*.¸¸.*☆❀

Postagens mais visitadas