quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Nossas escolhas dependem dos nossos atos: capítulo 31


Capítulo 31

— Acordem, suas preguiçosas!! — A voz berrava juntamente com um som que eu distinguia ser de uma corneta, ou talvez seja um elefante. 

Devem estar pensando porque eu estou pensando tais coisas confusas. Bom, eu fui acordada pelo som de uma corneta barulhenta pela nossa instrutora de acampamento, Lauriana, uma mulher de 1,80m de pura tirania e cabelos quase tão loiros quantos os meus, porém, tenho quase a impressão de que a coloração de suas madeixas sejam brancas. Seus olhos azuis em um tom escuro, revistavam o chalé das meninas.

Mais uma vez, Lauriana, toca a bendita corneta. Eu me levanto sem nenhuma vontade de fazer nossas tarefas. Mila e Priscila já estão de pé, enquanto Rosane relia as atividades do dia. Lauriana repassa para cada uma de nós, um pacote pardo. Assim que abro vejo uma linda camisa, com o logo do nosso acampamento na frente e atrás, o nome do nosso time: Tigres!! Mila adorou tanto quanto eu:

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Nossas escolhas dependem dos nossos atos: capítulo 30



Capítulo 30
*Antes de começar o capítulo, alguns avisos: Estarei revisando TODA a WebSérie, mudando algumas coisas. Vou tentar postá-la ao máximo! Este é o primeiro capítulo da 3ª Temporada. Espero que gostem!!
***

Faz dois meses que Felipe fora embora da cidade. Há dois meses não tenho notícias dele. Às vezes, conversamos pelo celular ou trocamos mensagens, mas, é tudo tão rápido.

Pelo que ele me informou, seu pai o colocou como estagiário em uma empresa. Eu realmente pensei que com o tempo, Felipe fosse voltar para casa, porém, acho que ele está gostando de viver na casa do pai.

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Qual o nosso papel?


Olá meus amados. Paz do Senhor.
Senti tanta vontade de postar para vocês. Mais era uma vontade tão grande e que tava incendiando meu coração, que eu quis postar.

Vivemos em um mundo, onde o dinheiro e o tempo parecem ser os deuses de nossa vida. Esquecemos muitas vezes, da nossa função aqui na Terra (isso se aplica a todas as pessoas.)
Esses dias que estive longe do blog, estava muito triste, muito deprimida e para baixo. É chato conviver com julgamentos, com pessoas te falando coisas ruins. Pessoas que nem ao menos te conhecem e já te colocam para baixo (inclusive os que se dizem "Filhos de Deus").

Encontrei amigos bem legais, porém, eles não são evangélicos. É difícil falar do Amor de Deus para alguém que nunca o experimentou antes, e o pior de tudo, é que essas pessoas estão feridas, com o coração despedaçado, Tudo o que elas mais querem, é um abraço de conforto, no entanto, achamos que somos "santos" demais para aceitar pessoas assim em nosso círculo.

Isso me deixa triste.

Estou tão triste, que nesse momento que escrevo, meus olhos estão marejados. Não devemos em hipótese alguma agir como se fossemos os donos da verdade.

Nosso papel é acolher as pessoas, independente do que ela seja. Se Deus não faz acepção de pessoas, porque, então, você faz? Pense! Nesse exato momento, existe um coração aflito, necessitando da Palavra de Deus.

Fica na paz de Deus.

***********************
Nota: Irei atualizar a WebSérie assim que possível. Iremos entrar na 3ª Temporada. Iupi!!